Foucault: vida como arte

Imagem de Bruce Jackon

“O que me surpreende é o fato de que, em nossa sociedade, a arte tenha se transformado em algo relacionado apenas a objetos e não a indivíduos ou à vida; que a arte seja algo especializado ou feito por especialistas que são artistas.

Entretanto, não poderia a vida de todos se transformar em uma obra de arte? Por que deveria uma lâmpada ou uma casa ser um objeto de arte, e não a nossa vida?”

Michel Foucault

Alguns links para Foucault: Vikipédia/ Espaço Michel Foucault/ Foucault-Archive / Bibliografia básica

Por Luiz Carlos Garrocho

Artista cênico/performativo, filósofo, pesquisador e professor.

3 respostas em “Foucault: vida como arte”

Grande Foucault. Arte pra mim é sobrevivência… ou melhor sair do estado de sobrevivência e partir para o estado de vivência. Necessidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.