Categorias
Iluminações avulsas Urbano

Porosidades de uma poética do urbano

O novo site do Poro – intervenções e ações efêmeras – está um primor. Não só devido à elegância do visual, mas também às funcionalidades – nele você encontra tudo sobre os traçados e repertórios da dupla de artistas que o formam. Além de referências que desdobram e conectam esse plano de porosidades poéticas que a dupla de artistas, Brígida Campbell e Marcelo Terça-Nada! desenvolve desde 2002.

O que é o Poro? Os artistas explicam que são “intervenções urbanas e ações efêmeras que tentam levantar questões sobre os problemas das cidades através de uma ocupação poética e crítica dos espaços. O Poro busca apontar sutilezas e criar imagens poéticas. Faz instalações em contextos e lugares específicos, se apropria de meios de comunicação popular para realizar trabalhos e reivindica a cidade como espaço para a arte.”

Tive a alegria de compor, juntamente com Daniel Toledo, um dos ensaios que fazem parte de uma das publicações do Poro, o livro “Intervalo, respiro, pequenos deslocamentos”. Esse livro pode ser baixado gratuitamente, entre outras coisas mais.

Fica aqui o convite para aquelas e aqueles que se interessam pelas porosidades poéticas do pensar e viver nas cidades – incluindo o ativismo em arte que busca uma apropriação da existência: intervalos de respiro. Hoje, nessa situação de isolamento social em que nos encontramos, devido à pandemia provocada pelo Coronoa-vírus, dá uma vontade imensa de repensar, a partir dessas intervenções e ações do Poro, os meios pelos quais podemos ainda intervir em nossas paisagens.

Aqui o link para o novo site: Poro – intervenções e ações efêmeras.

Por Luiz Carlos Garrocho

Artista cênico/performativo, filósofo, pesquisador e professor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.